O que é marketing de conteúdo e qual a sua importância?

Você está procurando por uma estratégia de marketing que realmente traga resultados para a sua empresa?

Então é muito importante conhecer o que é o marketing de conteúdo e como ele pode gerar ainda mais valor ao seu negócio.

A partir das mudanças atuais no mercado de trabalho tornou-se de extrema importância, para as empresas, focar nos seus consumidores para alcançarem o sucesso.

Mas antes de entendermos o que é marketing de conteúdo, por que houve tanta mudança na forma de pensar o marketing?

Porque a nova era do marketing está muito ligada às transformações drásticas de um mundo que está muito diferente de anos atrás. A internet, a partir do avanço tecnológico, foi uma das grandes responsáveis por essa mudança.

A economia digital foi construída através do avanço tecnológico, que trouxe consigo muita inovação, mudando também o perfil dos consumidores e das próprias empresas.

O autor do livro Marketing 4.0, Philip Kotler, relata que, com essas mudanças, “as marcas não deveriam mais ver os consumidores como meros alvos. (…) Com isso, a marca costuma ser tratada como uma embalagem externa. (…) Essa abordagem não será mais eficaz, porque, com a ajuda de suas comunidades, os consumidores se defendem das marcas ruins das quais são alvos.” 

O livro Marketing 4.0 ainda traz uma dica muito importante direcionada às empresas, alegando que elas devem ser mais acessíveis e menos intimidadoras, admitindo suas falhas e parando de tentar parecer perfeitas.

Uma marca centrada no ser humano trata os consumidores como amigos, tornando-se parte integral de seu estilo de vida”, disse Philip.

Philip Kotler relata também que antigamente os consumidores buscavam especialistas e ouviam autoridades quando a questão era confiança em um produto ou marca. Hoje, a maioria dos consumidores acredita mais no fator social (amigos, Facebook, Twitter) do que em comunicações de marketing. É a mudança, já comentada, do poder vertical para o horizontal.

Além disso, os consumidores se sentem vulneráveis às manobras do marketing, por isso criam comunidades para fortalecer suas posições, pois hoje é muito comum que os consumidores façam avaliações, comentários e conversem entre si sobre questões que os potenciais clientes da empresa procuram saber antes de fazer a sua compra.

Para conseguir a fidelidade de um cliente, muitas vezes basta um único momento de prazer inesperado com a marca. Sim, isso é possível.

Se ele (cliente) está satisfeito com a marca, estará disposto a recomendá-la ainda que não a esteja usando no momento. O novo caminho do consumidor deveria ser alinhado de acordo com essa nova definição de fidelidade”, disse Philip.

São por motivos como esses que focar no cliente é um dos objetivos do marketing moderno. A era digital favorece e muito esse momento do marketing.

Você sabe o que é marketing de conteúdo?

O marketing de conteúdo é uma estratégia que visa a disposição de conteúdo de qualidade e relevância ao atual ou futuro cliente de uma empresa. Esse conteúdo serve para informar, educar e entreter os consumidores.

O mais importante nisso tudo é ressaltar que os conteúdos não são feitos para vender o produto de forma direta, mas para auxiliar o cliente a fim de criar um futuro relacionamento entre a marca e o consumidor. Com o que vimos até agora, essa é uma das principais demandas do mercado de trabalho atual.

De acordo com o estudo do Content Marketing Institute e do MarketingProfs, em 2016, 76% das empresas que vendem diretamente para os consumidores e 88% daquelas que vendem para outras empresas, nos EUA, usaram marketing de conteúdo. É um número altíssimo, mostrando a sua relevância para as empresas no mercado de trabalho.

Um exemplo bem claro de marketing de conteúdo é o que acontece na empresa fabricante de energéticos Red Bull.

Após pesquisas com o seu público, a empresa descobriu que o estilo de vida dos seus consumidores eram traduzidos em: esportes radicais, natureza e games.

Foi por isso que a Red Bull especializa-se no assunto e virou um grande portal de notícias e conteúdos relacionados a esses temas com vídeos, publicações online, coberturas esportivas etc.

É evidente, portanto, que ter uma experiência entre cliente e marca é o objetivo do marketing de conteúdo da Red Bull. Foi essa ideia que possibilitou à empresa se tornar uma referência dessa estratégia de marketing dentro e fora do Brasil.

Para termos noção do tamanho desse marketing, a Red Bull disponibiliza seu conteúdo através da Red Bull TV e da revista The Red Bulletin. A marca ficou tão reconhecida pelo universo esportivo que patrocina grandes times de futebol, como o Red Bull Leipzig, New York Red Bulls e o Red Bull Brasil.

Sim, o valor que a Red Bull criou em torno da sua marca é gigantesco. Essa é uma maneira de conseguir fidelidade e reconhecimento na jornada de compra do seu público-alvo.

Emília Chagas, CEO da empresa Contentools, comenta sobre essa relevância do marketing de conteúdo, “que vai ganhando importância à medida em que o processo de compra muda.

A Contentools é uma plataforma de marketing de conteúdo para empresas que buscam crescimento através do marketing. Ela oferece ferramentas necessárias para planejar, organizar, criar, distribuir e mensurar sua performance. No mercado desde 2016, a ferramenta é usada hoje por cerca de 1000 times de marketing, possui mais de 13 mil usuários e está presente em 70 países.

Emília também comentou que os consumidores passaram de passivos para ativos: os consumidores e compradores são ativos, eles detém o poder nessa negociação. Então cabe às empresas serem também proativas e oferecerem essa informação para que ela seja encontrada no momento certo.”

É muito comum, de qualquer pessoa, ir à internet para buscar alguma informação, saber mais sobre algum assunto e aprender algo que deseja, ou seja, eles passaram a ser muito mais ativos e ter autonomia para isso.

A empresa que de antemão já fornece conteúdo com essas informações sai à frente no processo de compra. Isso sugere criar um relacionamento com o cliente. Com o relacionamento construído é muito mais fácil que o cliente adira a sua marca e não a do seu concorrente.

Emília Chagas também destaca outro ponto importante, que diz respeito ao objetivo de marketing de conteúdo que é conseguir algo em troca, até mesmo a atenção de um potencial cliente. A CEO disse que o marketing de conteúdo é “toda interação que eu posso ter com o meu cliente oferecendo algo em troca de uma atenção. Conteúdo é quando eu formato um conhecimento, mas eu extrapolo esse conhecimento (…) querendo algo em troca.”

Ao oferecer o conteúdo e criar um relacionamento com o cliente, espera-se algo em troca, que é a sua atenção para o seu processo de compra.

Para conferir os principais tipos de conteúdos digitais e ver como é possível criar uma boa metodologia para o marketing de conteúdo, clique no link abaixo e acesse a aula completa:



Comentários

Send this to friend