Como definir personas e otimizar a comunicação da sua empresa

Você sabe quem é o seu cliente? Todo empreendedor deveria responder facilmente essa pergunta, já que conhecer seu público é o primeiro passo para um negócio bem-sucedido.

No marketing, trabalhamos com o conceito de persona, ou seja, o consumidor fictício elaborado a partir de características reais facilmente reconhecidas entre seus clientes. Ter a definição dos personas colabora no processo de desenvolvimento da proposta de valor de produtos e serviços que serão oferecidos, e também na produção de conteúdo para a atração e captação de clientes para seu negócio.

Persona X Público-alvo

A primeira situação que precisa ser entendida é a diferença entre persona e público-alvo.

Público-alvo se refere ao perfil geral, mais abrangente da sua audiência. Também é possível delimitar seu público-alvo, um exemplo prático seria assim: homens, de 25 a 50 anos, casados, com graduação completa e com salário de até R$ 4 mil. Entretanto, nenhum dado personifica um cliente. Ao contrário da persona.

Persona é o perfil do cliente típico, definido a partir das características do comprador. Quando você já tem uma base de clientes, é mais fácil identificar características, dados demográficos, hábitos, interesses, comportamento, desafios, e então personificar os perfis, que se tornarão suas personas.

Agora, se seu negócio está começando, você deve projetar suas personas a partir do produto que quer oferecer, assim que você começar a sua base de clientes, você adapta as características para otimizar sua persona.

Para simplificar, segue um exemplo de persona: João Felipe, 26 anos, casado, formado em Administração, com pós-graduação. Tem um emprego formal que garante o sustento da sua família, mas também é um empreendedor no setor alimentício junto com sua esposa. Leitor da revista Pequenas Empresas, Grandes Negócios, busca o melhor modelo de negócio para que conquiste mais clientes, aumente faturamento e, possa, no futuro, se dedicar somente ao empreendimento próprio.

Os exemplos deixam claro a diferença entre os dois conceitos e mostram que ao utilizar personas bem definidas a chance de obter melhores resultados são maiores, pois você sabe como se comunicar, o que seu cliente quer, e pode oferecer a ele a melhor solução, pautado por uma boa proposta de valor da sua empresa.

Como definir

Definir as personas certas é importante para que a estratégia de comunicação seja eficiente e lhe traga os resultados esperados. Com personas bem desenhadas, você poderá elaborar com mais precisão e qualidade os conteúdos produzidos, ter foco no seu planejamento e estratégia de marketing e poderá entender onde seus clientes buscam informações, como as consomem e como identificar as melhores oportunidades.

Como mencionamos antes, se você já tem uma base de clientes é mais fácil reconhecer as personas. Além da pesquisa minuciosa entre os dados já coletados, é possível realizar questionários e entrevistas focados no perfil comportamental do cliente.

Hoje, já existem ferramentas no mercado que te ajudam a desenhar o perfil das personas para o seu negócio. Um desses facilitadores é O Fantástico Gerador de Personas e foi desenvolvido por duas grandes empresas de marketing digital, a Rock Content e a Resultados Digitais, e pode ser utilizado por qualquer um de nós, de maneira gratuita, para identificar e definir personas.

Não exagere!

Processo entendido e personas criadas, mas, preste atenção: não exagere na quantidade. Ter até quatro personas é o suficiente para seu planejamento e estratégia de ação. E sempre atualize suas personas, pois comportamentos, hábitos e interesses mudam em todo ser humano.

Aqui na Academia PME, temos definidas quatro personas. Elas foram elaboradas a partir da nossa base de clientes. São quatro perfis bem diferentes que nos inspiram a criar nossos produtos e serviços, sempre pensando em como podemos entregar nossas soluções e colaborar para o sucesso do nosso cliente.

Gostou deste artigo? Então comente, compartilhe e continue acompanhando os conteúdos para empreendedores da Academia PME.



Comentários

Send this to friend